APETL

Regulamento

 Regulamento - 10º Torneio de Pesca Esportiva de Três Lagoas – MS

 

 

1. DO TORNEIO

1.1. O “10º Torneio de Pesca Esportiva de Três Lagoas - MS” é organizado e dirigido pela APETL- Associação de Pesca Esportiva de Três Lagoas – MS e visa estimular a pesca esportiva nos rios e lagos, que circundam a cidade.

2. DOS OBJETIVOS:

2.1. Divulgar o potencial turístico do município de Três Lagoas – MS, no lago do Rio Paraná e em seus afluentes;

2.2. Desenvolver o turismo da pesca esportiva com seriedade, qualidade e técnicas que exigem o segmento;

2.3. Desenvolver a consciência ecológica dos pescadores do município e dos turistas através da divulgação e prática das leis que normatizam a Pesca Esportiva visando, principalmente, ao combate do uso de materiais e atitudes poluentes e predatórias;

2.4. Despertar e sensibilizar autoridades Federal, Estadual e Municipal para a normatização e criação de leis específicas para o segmento da Pesca Esportiva;

2.5. Capacitar a mão de obra local para o turismo sustentável e da Pesca Esportiva no município.

3. DA SUPERVISÃO:

3.1. A supervisão legal estará a cargo do Ministério da Agricultura/IBAMA.

4. DA PROGRAMAÇÃO:

4.1. O evento será realizado nos dias 02, 03 e 04 de maio de 2019:

I) Dia 02 de maio: Será realizado, a partir das 18 horas, exposição com show gratuito no balneário municipal e início da entrega dos Kits dos inscritos no torneio.

II) Dia 03 de maio: A partir das 8hs, palestras para estudantes da rede municipal com temas relacionados a conscientização e preservação ambiental. A partir das 13hs será realizado o “Desafio Yamalube by Nelson Nakamura”, conforme determinações do regulamento próprio e as equipes inscritas deverão retirar seu “kit de competição” no Balneário Municipal. Ainda nesse dia, a partir das 18hs será realizado o Torneio Redai de Arremessos. As 20 horas, estaremos realizando palestras de temas diversos relacionados à pesca esportiva, premiação do Desafio by Nelson Nakamura, premiação do Torneio Redai de arremessos no balneário.

III) Dia 04 de maio: Será realizado o 10º Torneio de Pesca Esportiva. A prova acontecerá com largada única às 8 (oito) horas. O encerramento das aferições dos vídeos será às 16 (dezesseis) horas. A partir das 19 (dezenove) horas ocorrerá o cerimonial de encerramento com a divulgação dos resultados, premiações e sorteios de brindes;

a) Não haverá largada. Assim que o competidor retirar o kit de medição na praia, estará liberado a sair com a embarcação.

b) Às 16 horas será dado um sinal sonoro (com fogos) indicando o encerramento do Torneio e a partir de então não mais será permitida a entrada na fila para aferição dos vídeos. Assim que as equipes chegarem para a aferição dos vídeos deverão entrar na fila, conforme chegada. Após às 16 horas, a APETL deslocará um fiscal para o final da fila, não permitindo as equipes que chegarem depois do horário estabelecido.

c) Somente poderão participar das premiações as equipes que cumprirem uma carga horária mínima de 02 (duas) horas de pescaria;

d) A fiscalização nas embarcações será feita por membros da equipe de arbitragem antes da largada e a qualquer momento durante a prova. Serão desclassificadas as equipes que não permitirem que a arbitragem faça o trabalho de fiscalização na embarcação;

e) O árbitro terá poderes para retardar ou antecipar a prova, desde que o ato seja comunicado aos participantes.

f) A prova será realizada no Balneário Municipal Miguel Jorge Tabox, Três Lagoas - MS;

5. DA MEDIÇÃO DE PEIXES:

5.1. A medição deverá ser realizada por vídeo, gravado com os Smartphones ou câmeras dos próprios competidores, devendo seguir as regras abaixo:

a) Deverá ser usado a régua fornecido pela APETL e o crachá com o número da equipe deverá estar visível na gravação;

b) A gravação deverá ter qualidade suficiente para que o conferente consiga identificar o tamanho do peixe e deverá ser gravado desde a medição até a soltura do peixe, sendo que o peixe deverá submergir não deixando dúvidas de sua condição de soltura e recuperação;

c) Não serão aceitos vídeos de peixes com sinais de maus tratos, que coloque em dúvida que o peixe foi capturado e solto imediatamente. Não deixe o peixe no viveiro, pois, caso ele fique com marcas de maus tratos, o peixe poderá ser desclassificado, não podendo ser substituído;

d) O peixe precisa ser filmado de tamanho inteiro, com a boca fecha, encostada no batente de início da régua, com a cauda reta;

e) Não será aceito foto como comprovação da captura.

f) O peixe poderá ser medido na base de aferição de vídeo, no Balneário Municipal, caso o competidor perca a régua ou tenha dificuldades em realizar os vídeos com as regras acima, até as 15 horas.

g) Caso o competidor perca a régua, poderá comprar uma segunda régua na base do balneário municipal, durante o período da prova. Neste caso, deverá ser aferido os vídeos já existentes e somente serão aceitos vídeos posteriores da equipe com a régua nova.

6. DA COMPETIÇÃO:

6.1. No ” 10º Torneio de Pesca Esportiva de Três Lagoas - MS” será permitida somente a pesca do Tucunaré;

6.2. O “ 10º Torneio de Pesca Esportiva de Três Lagoas- MS” consiste em pesca embarcada, na modalidade de arremesso;

6.3. Haverá uma única categoria de disputa: Equipe por Dupla ou Trio concorrendo na mesma modalidade e mesmo regulamento. Equipes inscritas para pesca em dupla ficam proibidas de levar o terceiro pescador. Cada pescador receberá uma pulseira que deverá ser colocada para retirar o kit de medição e deverá permanecer com a mesma até o final da premiação. As pulseiras são resistentes a água.

6.4. Cada equipe poderá apresentar para aferição somente 5 vídeos, portanto, o competidor deve selecionar apenas os vídeos com os maiores peixes. As equipes não poderão apresentar uma quantidade maior de peixes do que a especificada e não será permitido substituir na ficha de medição um exemplar já registrado.

6.5. Os 05 maiores peixes apresentados terão suas pontuações validadas pela soma linear do tamanho dos peixes, sendo 1 ponto para cada 1 centímetro.

6.6. Os tucunarés capturados deverão apresentar tamanho mínimo de 30 (trinta) centímetros, estarem vivos e em condições de soltura, isentos de qualquer sinal que indique outras formas de pescar diferente da permitida, sob pena de desclassificação do espécime ou da equipe. Critério de medição: Será considerado a cada 1/2 cm (meio centímetro) com arredondamento sempre para baixo: Ex.: 34,9 cm corresponde a 34,5 cm ou 35,4 cm corresponde a 35,0 cm;

6.7. Caso algum peixe apresentado não tenha condições de soltura, o mesmo será desclassificado e não poderá ser substituído;

6.8. Cada equipe deverá utilizar de uma única embarcação durante a prova, com um motor a combustão e outro elétrico de sua livre escolha;

6.9. As embarcações dos participantes serão identificadas por números, onde favorecer melhor visibilidade para identificação do mesmo;

6.10. Durante a pescaria deve ser respeitada uma distância mínima de aproximadamente de 50m (cinquenta metros) entre as embarcações;

6.11. A organização poderá colocar equipamentos de geo localização em embarcações selecionadas pela organização e as informações coletadas poderão ser utilizadas como critério de desclassificação.

6.12. Os equipamentos de uso permitidos são:

a) Sonar e/ou GPS;

b) Carretilhas, molinetes ou fly de qualquer tipo, tamanho ou peso, carregados com linha de diâmetro livre;

c) Varas de qualquer tipo e tamanho, não havendo limites de varas montadas na embarcação;

d) Puçá para recolhimento do peixe;

7. DOS COMPETIDORES:

7.1. É dos competidores a obrigação de:

a) Cumprir e fazer cumprir o regulamento;

b) Fiscalizar a medição dos peixes da embarcação, assinando as anotações do fiscal;

c) Usar apenas iscas artificiais, sendo proibido uso de iscas naturais;

d) Manter comportamento cortês perante os demais competidores, árbitros e o público presente;

e) Utilizar equipamento salva-vidas e zelar pela sua própria segurança e dos demais competidores.

7.2. Fica vetado aos componentes da equipe:

a) Corricar de qualquer forma;

b) Abordar ou deixar-se abordar por outras embarcações que não sejam as do árbitro ou fiscais do torneio;

c) Jogar lixo no lago ou em suas margens;

d) Ingerir bebidas alcoólicas em excesso, caracterizando embriaguês;

e) Utilizar qualquer material ou equipamento predatórios para a pesca, além dos permitidos para a prova;

f) Permitir que qualquer pessoa não inscrita no Torneio possa auxiliar de qualquer forma na captura do peixe.

g) Retirar a embarcação da água e retornar para pesca.

7.3. Será desclassificada a equipe que:

a) Alterar a medida dos peixes apresentados;

b) Apresentar para medição mais do que o limite de peixes permitido;

c) Prejudicar os concorrentes com manobras escusas dentro ou fora do barco;

d) Manter comportamento não condizente com as regras elementares do convívio social, desacatar ou agredir os demais competidores, as autoridades e o público presente;

e) Transgredir quaisquer das regras contidas neste regulamento.

8. DAS INSCRIÇÕES:

8.1. O valor da inscrição para Dupla é de R$ 350,00 (Trezentos e cinquenta reais), para inscrições feitas até o dia 31 de março, e de R$ 400,00 (Quatrocentos reais), para inscrições feitas a partir de 01 de abril. O valor da inscrição para Trio é de R$ 450,00 (Quatrocentos e cinquenta reais), para inscrições feitas até o dia 31 de março, e de R$ 500,00(Quinhentos reais), para inscrições feitas a partir de 01 de abril.

8.2. As inscrições são limitadas e deverão ser feitas através do preenchimento do formulário próprio, disponível em locais credenciados, de acordo com as instruções divulgadas pelo site oficial do evento, ou pelo site www.apetl.com.br e maiores informações, através do telefone abaixo:

8.3. As inscrições devem ser efetivadas até às 17 horas do dia 03 de maio de 2019. Há, entretanto, a possibilidade de as inscrições se esgotarem antes deste prazo, caso se atinja o número limite de inscrições determinado pela comissão organizadora.

8.4. Só participará do torneio a equipe que estiver com o pagamento confirmado pela APETL. Pagamentos por depósitos deverão ser identificados para facilitar a verificação.

8.5. Qualquer competidor menor de idade deverá pescar com seu responsável legal na mesma embarcação, ou entregar autorização por escrito assinada pelo responsável legal;

8.6. Em caso de um dos competidores previamente inscritos não poder participar durante a prova, o mesmo poderá ser substituído, desde que o fato seja comunicado antecipadamente à comissão organizadora;

8.7. Não será permitida a substituição dos Do competidores inscritos;

8.8. No ato da inscrição um dos participantes será nomeado como capitão da equipe e irá representá-la oficialmente;

9. DA CLASSIFICAÇÃO E PREMIAÇÃO:

9.1. Serão premiados os 10 (dez) primeiros classificados, com 02 (dois) ou 03 (três) troféus por equipe do 1º ao 10º colocado.  Receberão troféus ainda as equipes que capturarem o maior tucunaré. Não haverá brindes para os ganhadores de troféus.

9.2. A classificação será feita pela soma total da pontuação obtida com a medição dos exemplares de tucunaré;

9.3. As equipes competidoras são responsáveis por realizar a gravação dos vídeos e realizar a aferição na base da praia do balneário municipal até as 16 horas, conforme parágrafo 4 desse regulamento. Aos competidores, será entregue canhoto da ficha devidamente assinado pela organização;

9.4. Em caso de empate, ganhará a equipe que mediu o maior peixe em tamanho;

9.5. Persistindo o empate, ganhará a equipe que mediu o segundo maior peixe, e assim sucessivamente;

9.6. Para efeito de medição dos peixes, serão consideradas as extremidades cefálica e caudal;

9.7. É obrigatório a presença de pelo menos 1 (um) integrante da equipe no momento do sorteio da premiação; não sendo possível deixar representantes. Se não houver nenhum competidor da equipe contemplada presente no ato do sorteio, será sorteado uma nova equipe;

1º Prêmio: 01 lancha Megabass Classic + 01 Carreta ODNE

2º Prêmio: 01 lancha Megabass Classic + 01 Carreta ODNE

3º Prêmio: 01 lancha Levefort Marfim 5.5 Freestyle + 01 Carreta ODNE

4º Prêmio: 01 Motor de popa Yamaha 15 HP

5º Prêmio: 01 Motor de popa Yamaha 15 HP

6º Prêmio: 01 Motor de popa Yamaha 15 HP

7º Prêmio: 01 Motor de popa Yamaha 15 HP

8º Prêmio: 01 Kit Varas Redai Viking para 01 equipe

9º Prêmio: 01 Kit Varas e carretilhas Marine Sports para 01 equipe

10º Prêmio: 01 Kit Varas e carretilhas Saint para 01 equipe

11º Prêmio: 01 Motor elétrico para 01 equipe

Prêmio especial: 01 Motor de popa Yamaha 15 HP (a ser sorteado somente entre as equipes que devolverem a régua com o crachá.

Obs.: Cada equipe só poderá ser sorteada uma única vez, com exceção do prêmio especial, realizado com cupom próprio.

 

10. DA LEGISLAÇÃO E SEGURANÇA:

10.1. Todos os competidores deverão ter seus barcos em condições de navegabilidade, conforme normas e instruções da Marinha Brasileira;

10.2. Todos os barcos deverão portar remos de acordo com o seu tamanho;

10.3. Todo competidor deverá ter licença de pesca amadora;

10.4. É obrigatório o uso de coletes salva-vidas durante a navegação;

10.5. Para controle da segurança, todos os barcos que forem competir ou trabalhar no reservatório, deverão comunicar ao árbitro, sua saída e seu retorno;

10.6. Após as 17 (dezessete) horas, caso declarado o não comparecimento de alguma equipe, será acionada a segurança do evento para proceder ao socorro, o qual estará condicionado à realidade do momento.

10.7. Haverá pontos de encontro, cujas localizações estarão no mapa hidrográfico. Nesses pontos a organização realizará rondas periódicas por água ou por terra, facilitando localizar competidores com problemas em suas embarcações. Havendo emergências e possibilidade de contato telefônico, nos contatar (67) 99965-6706 / 99811-0394

11. DAS AUTORIDADES E COORDENAÇÃO:

11.1. A comissão organizadora do 10º Torneio de Pesca Esportiva de Três Lagoas - MS designará uma equipe para coordenação e orientação dos competidores. Para o controle e direção das provas estarão nomeadas as seguintes autoridades:

a) Árbitros: com a função e autoridade para fazer cumprir este regulamento e aplicar as penalidades cabíveis, decidindo todas as questões que lhes forem submetidas pela coordenação geral, sendo soberanas as suas decisões;

b) Diretor Geral: compete a ele controlar, anotar e receber as medidas dos peixes apresentados pelo Diretor de Medição, repassando-os aos Árbitros, devidamente assinados;

c) Diretor de Medição: Quando da chegada dos competidores com os peixes, procederá à medição e passará o resultado para o Diretor Geral fazer as anotações;

d) Diretor de Fiscalização: coordena o sistema de fiscalização da competição e exige o acatamento às disposições do regulamento;

e) Fiscais: Assessoram os Diretores de fiscalização e medição e, também, controlam as embarcações durante a prova.

12. DAS DISPOSIÇÕES COMPLEMENTARES:

12.1. Evitar pescar nas vésperas do evento nos locais da prova, contribuindo assim, para uma melhor ação dos peixes durante a prova;

12.2. Os participantes autorizam o uso de sua voz e imagem, em qualquer tipo de mídia e peças promocionais relacionadas ao 8º Torneio de Pesca Esportiva de Três Lagoas - MS;

12.3. A cargo da Comissão Organizadora, o programa ou o regulamento poderão ser alterados através de aditivos, desde que em tempo hábil de comunicação aos participantes;

12.4. Os organizadores e autoridades do evento não se responsabilizam por perdas, roubos, ou quaisquer tipos de danos materiais ou corporais ocorridos com os participantes, acompanhantes e expectadores antes, durante e após o evento;

a) O pescador ou equipe que venha a praticar ato doloso durante a competição terá como pena: advertência ou exclusão dos torneios promovidos pela comissão organizadora deste evento;

12.5. A equipe ou ganhador responsabiliza-se pela retirada do prêmio após o seu recebimento;

12.6. A Comissão Organizadora, juntamente com os Árbitros, julgará os casos omissos no 9º Torneio de Pesca Esportiva de Três Lagoas - MS;

12.7. A efetivação da inscrição implica em que o participante conheça e concorde com todo o conteúdo deste regulamento.


 
Logo